Parque Nacional da Serra da Canastra

Parques do Brasil | Conheça o Parque Nacional da Serra da Canastra, uma das principais áreas de conservação do cerrado mineiro, revelando a história da criação da unidade e sua relação com o Rio São Francisco, além de destacar espécies ameaçadas de extinção, como o pato-mergulhão.

Sinopse

O primeiro bloco traz a história da nascente do Rio São Francisco e descreve os principais ambientes dos Chapadões da Canastra e da Babilônia, como o campo rupestre e o campo limpo. Revela conflitos existentes desde a criação da unidade de conservação em 1972 e apresenta espécies como a noivinha-branca, o chupim-do-brejo, o joão-graveto, o carcará, a coruja-buraqueira, o periquito-rei, a cobra-de-vidro, o veado-campeiro, o lobo-guará e a ema. No segundo bloco, o documentário revela a origem do nome da Serra da Canastra e fala sobre a importância da unidade para a conservação do cerrado e de recursos hídricos fundamentais. O Cerrado é considerado a caixa d´água do Brasil, responsável, por exemplo, por 94% da água que corre no Rio São Francisco. Este bloco traz ainda histórias sobre a influência da Mata Atlântica na unidade, o tamanduá-bandeira e o pato-mergulhão, um dos animais mais raros do planeta, criticamente ameaçado de extinção, que tem a sua maior população na região do parque. Fechando o episódio, conhecemos a monumental Casca D'Anta, uma cachoeira de 186 metros de altura que encantou o naturalista francês Auguste Saint-Hilaire em 1819.

Ficha Técnica

Pesquisa, Produção e Imagens: Luciana Alvarenga
Produção: Carla Guaitanele e Ingrid Gassert
Direção e Roteiro: Carlos Sanches
Narração: Sidney Ferreira
Edição e Finalização: Carolina Rodrigues
Trilha Sonora: Flávia Tygel
Produção Musical: Tereza Eustáquio
Imagens: Carlos Sanches

Informações Gerais

Gênero: Documentário
Classificação etária: L - LIVRE